Acervo Dr. Zaba 
Quem Somos

Atividades

Profissionais

Medicina Integral

Med. Biologia Infantil

Links Selecionados

Endereços
  Pesquisar:

Organometria Funcional de Voll
Apresentamos a vocês um moderno método diagnóstico para prevenção, de muitas doenças.

Dr.Reinhold Voll
Nasceu em Berlim, Alemanha.
17 de fevereiro de 1909-.


Organometria Funcional de Voll
Teste de Sensibilidade
Teste Alérgico Específico

Apresentamos a vocês um moderno método diagnóstico para prevenção, de muitas doenças.

Meridian – Organometria Funcional de Voll

Nosso método permite o observar o estado de vitalidade dos órgãos e tecidos, tornando possível detectar indícios de doenças nas fases iniciais, além de determinar a intensidade de eventuais processos degenerativos ou inflamatórios.



Trata-se de um método não invasivo e inofensivo.

Com a Organometria, temos a possibilidade de realizar uma verdadeira DETECÇÃO 2 precoce, e exercer uma atuação efetiva antes que danos maiores e até irreversíveis tenham ocorrido ao organismo.

A Organometria permite ao Medico obter uma visão global do ser HUMANO, e trata-lo como um todo.

Trata-se de uma poderosa ferramenta que nos auxilia no diagnóstico sintético das condições dos órgãos e tecidos humanos,
repetindo, de uma forma não invasiva.

Trata-se deu um passo definitivo na prevenção dos fenômenos que ocorrem no envelhecimento.



Com esse aparelho temos a capacidade de medir alterações de energia em órgãos humanos, fato que constitue um elemento indispensável na prevenção de doenças futuras. Uma verdadeira PROFILAXIA PRECOCE, que torna possível uma atuação efetiva antes que danos maiores e até e reversíveis tenham ocorrido.



A medida da Energia, permite desde um nível inicial, um pouco mais de 10 %, detectar variações de um possível comprometimento futuro, enquanto exames de laboratório detectam alterações somente quando mais de 60 % da energia esteja comprometida e exames de imagem só com mais de 80 % ( doença praticamente em nível celular )



A Organometria funcional segue o princípio da eletroacupuntura de Voll, segundo a qual é possível, combinando os fundamentos da acupuntura clássica com os avanços e facilidades da tecnologia moderna, determinar o estado funcional de um órgão, vícera, ou articulações entre outros assim como determinar a eficiência de medicamento ou não em um determinado momento.

Os pontos de medição correspondem aos clássicos pontos de acupuntura, conhecidos há mais de 5000 anos, e que vêm sendo estudados pelo professor Harmut Heine, na Universidade de Witen/Herdecke - Alemanha, através da ultramicroscopia eletrônica.



Sabe-se hoje que se tratam de pontos, na estrutura bio-molecular dos nossos tecidos de sustentação.

Estas descobertas deram a comprovação científica do que ocorre quando o utilizamos os pontos de acupuntura para tratamento ou diagnóstico.

Através destes pontos podemos observar a condição funcional do paciente e de todos os seus órgãos.

Tais fatos, sempre em busca de uma melhor condição de vida e de um envelhecimento cada vez mais distante, mais fisiológico e quando chegar cada vez mais saudável. A medicina moderna caminha em direção a novos conhecimentos científicos, e a Organometria funcional caminhando dentro destes conceitos revolucionando junto com a Homeopatia de terceira geração desenvolvida em modernos centros de pesquisa da França e da Alemanha mostra os novos caminhos da fisiopatologia das Doenças.


Microfotografia eletrônica do espaço extracelular


A organometria funcional permite medir o nível de intoxicação de nosso organismo, intoxicação esta oriunda de fatos que ocorrem de forma adicional deste a concepção até os dias de hoje.


Fases de evolução das doenças de acordo com o tempo. No início uma simples secreção, no futuro uma alteração imunológica ou degenerativa .
Mais tempo , mais toxina no homem. ( homotoxinas )


Mede a ação de infecções, e exposição a agentes tóxicos e a ressonância do meio ambiente.

Quando fazemos a Organometria Funcional, estamos buscando a origem das doenças para então entendermos a razão dos sintomas de hoje. (Ela nos dá o caminho pelo qual o organismo buscou reagir na forma da enfermidade, explicando assim a sintomatologia que apresentamos.)!



Através dela, buscamos as melhores formas de tratamentos utilizando desde a alopatia convencional a avançadas técnicas de medicina integrada, valorizando a proximidade com a natureza, fator integrante da chamada medicina biológica.

A medicina biológica resgata o conceito Hipocrático, no qual a busca na natureza pode nos tornar mais saudáveis, ou pelo menos-menos doentes.

Dentro dos modernos conceitos de informática, o nosso cérebro seria o Processador (Pentium “10”) associado ao disco rígido, os nossos órgãos alvos seriam os periféricos, com o objetivo de realizar as funções programadas, nosso sistema de sustentação seria a placa mãe, por onde todas as informações passam. A organometria avaliaria precocemente as condições desta placa mãe, permitindo que o processador possa desenvolver na globalidade todo o programa para o qual tem destinação.

Um método eficaz de medir o nível energético do seu organismo, e avaliarmos rapidamente qual o caminho mais adequado para o tratamento. Um teste que detecta o nível de intolerância – reação alérgica – de substancias , produtos do meio ambiente, remédios, alimentos entre outros. Detecta também o nível de intoxicação por metais pesados.
gn1
Direitos Reservados 2005 © - Dr. Zaba - Medicina do Século 21